Arquiteta Roberta Fermann dá sugestões para decorar e compor cozinhas que integram com outros ambientes, como sala de jantar e estar


O número de apartamentos com menos de 70m2 é muito grande no Brasil atualmente. Não somente para possibilitar a construção de um número maior de unidades, mas, também, para tornar o preço mais acessível. Com isso, as cozinhas no estilo americano, que integram com outros ambientes, como sala de jantar e estar vem ganhando destaque nas construções brasileiras.

Além de ampliar o ambiente, esse perfil de cozinha possibilita maior convivência entre os moradores e convidados. Segundo a arquiteta Roberta Fermann, da Renova Arquitetura Express, hoje em dia, cada vez mais, as pessoas curtem cozinhar e receber em casa. “Ambientes integrados com cozinha americana ou cozinha gourmet, como também é conhecida, são ótimas opções para reunir amigos e familiares em momentos gostosos junto a um bom prato e um bom vinho”, destaca Roberta.

Na hora de decorar esses ambientes, é bom ter alguns cuidados em função da cozinha estar integrada a sala de estar’. Por isso, Roberta chama a atenção para o sistema de exaustão e o revestimento das paredes. “Depuradores ou coifas potentes devem ser o primeiro investimento, assim como devemos ficar atentos aos revestimentos. Como a cozinha está praticamente dentro da sala, requer um cuidado especial com as paredes. Normalmente não uso azulejo ou nada que lembre a convencional cozinha. O ideal é manter a mesma pintura do estar”, explica a arquiteta.

Roberta acredita que uma boa solução para o revestimento é usar a rodobanca de pedra bem alta entre a bancada e os aéreos, protegendo a área úmida. “Além da rodobanca, o uso de outros revestimentos apenas nesta área úmida é sempre bem-vindo. Vale usar a criatividade. Outra dica que integra, amplia e facilita a limpeza é o mesmo piso nesses ambientes. Uma boa opção são os revestimentos frios, como o porcelanato, que podem ser usados tanto na sala como na cozinha, e basta um pano úmido para limpar. Por integrar a área social, a cozinha deve estar sempre organizada”, reforça Roberta.

O grande destaque neste estilo de cozinha é o balcão que faz a divisa do ambiente ou a ilha. A área de trabalho necessita uma altura para que quem esteja cozinhando fique confortável e não sinta dor nas costas. “O indicado seria a altura entre 90 e 94 cm. Já para quem vai ficar sentado conversando, indico que o balcão seja o mais confortável possível, ou seja, o ideal é a altura de mesa convencional de 75 cm. Quem goste da bancada com banquetas altas, é lindo também, mas, a coluna não aguenta muito tempo nesta posição. Sempre alio funcionalidade e conforto à estética”, completa a especialista.

Serviço:
Renova Arquitetura Express
(31) 97558-0032
http://www.renovaarq.com.br